Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Uma tese sobre marmitas

Ser saudável dá trabalho - e se não acreditam, então leiam isto.

É que não é só comer frutas e legumes, há toda uma preparação de alimentos, caixinhas, refeições e transporte para andar com a casa às costa...pelo menos para quem trabalha ao pé de uma pastelaria com croissants e bolos de chocolate e pães de Deus, que não pode estar sempre a ceder à tentação.

 

Assim, as dores de cabeça começam no domingo à noite, com a preparação da semana que aí vem.

 

Parte I - a comida certa

Então o que vamos almoçar? Primeiro, vamos treinar de manhã? Então carrega nas quantidades. Nas quantidades ou na proteína? Mais ou menos hidratos? Vou ter muita fome ou pouca? Qual é o pós-treino mesmo?

Ok, não se vai ao ginásio, logo pode-se comer pouco: mas só uma salada? Isso não enche. E se for um batido? Não enche nem a mala nem o estômago! Ah e se for um wrap? Seria bem bom, mas depois ficamos com desejos dos wraps do MacDonalds do Saldanha.

Em caso de desespero, sigam a dica do PT: frango, arroz, bróculos. Siga!

 

Parte II - a tupperware certa

Escolher tupperwares é a maior odisseira do mundo. 

Primeiro: redonda ou quadrada? Quanta comida pus lá? Mas vou comer muito ou pouco? Vou ter fome de leoa à hora de almoço ou vou virar passarinho esta semana? E se for uma redonda e uma quadrada...pois mas depois não cabem uma em cima da outra. Quer dizer, caber cabem, mas não naquela mala...

E se for um termo! Termo para quê? Para a sopa? E a salada, vai à parte ou tudo junto?

A fruta vai descascada? Se for, vai em caixa, se não vai em saquinho. Mas aquela tupperware não leva aquela quantidade de morangos. Ok então troca, mas se for maior depois não cabe ao lado da outra...

E o filme só agora é que começou porque falta a outra parte.

 

Parte III - a mala certa

Sim, a parte da mala - onde enfiar a tralha toda.

Mala de pano da Primark? É grande, cabe lá tudo, mas fica pesada.

Mala de ombro do Continente? É engraçada sim mas é do tamanho de um tanque.

Deve ser grande para levar tudo lá dentro. Mas depois vou andar com uma mochila-caravana atrás? Não, então tem de ser prática. Mala de alça? Não cabe a garrafa de água para o ginásio, a do dia, da noite, das férias. E se for só uma malita? Já disse, são 23 tupperwares e 14 sacos, não é uma barrinha de cereais fitness para o resto do dia.

Mochila às costas tipo Eatspack? Não, não vou com isso para o trabalho. E se for uma xpto do Ikea? Até dá para levar o computador...computador e comida? Risca isso da lista.

Então mala para o computador e mochila pequena para a marmita. Cabe tudo mas fica cheio.

 

No fim disto tudo só me apetece contratar um chef que me dê a comida à boca, pode ser?