Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Não vamos ao Nós Alive

Chegou o dia, aquele dia.

O dia em que tudo mudou

O dia em que o pesadelo se tornou verdade.

O dia que eu achava que nunca iria chegar.

O dia em que o mundo vai de certeza acabar.

O dia em que eu já não me conheço a mim mesma.

 

Hoje é o dia em quatro anos que eu não vou ao Optimus Alive (epá Nós Alive é um título horrível e eu sou old school!).

Este ano não vou a esse grande festival. Nem os três dias, nem um dia, nem uma tarde, nem um concerto, nem para beber uma Heineken, nada, n-a-d-a, não vou, ponto final. Simplesmente, este ano...não dá.

 

Eu não sei bem explicar-vos como se sente o meu coração. Não sei está partido, pesado, sufocado, despedaçado, triste, baleado, queimado, esfaqueado, molestado, apedrejado, às fatias de sashimi, sei lá. Sei que ele não está bem mas que vai ter de sobreviver a este inferno de dias que aí vêm.

 

Será que ele vai conseguir evitar as redes sociais?

Será que ele vai controlar as saudades quando olhar para fotografias?

Será que ele vai sentir falta do toque da pulseira que devia estar no pulso esquerdo, que todos os verões deixa marca?

Será que ele vai conseguir resistir a não ler reviews dos concertos?

Será que ele vai para fora de Lisboa e vai tentar não pensar "eu devia estar noutro sítio"?

Será que ele vai aguentar pela segunda vez na vida perder um concerto de The Prodigy, depois de prometer ao mundo inteiro que mal eles voltassem ele ia estar lá na primeira fila, depois de a irmã lhe dizer que mal soube que eles vinham cá de novo ela sabia que não ias querer perder aquilo por nada deste mundo?

 

Bah, esqueçam, o meu coração já morreu, vamos esperar 3 dias para que ele ressuscite.