Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Eu Já Não Me Preocupo

Vivemos em tempos difíceis que nos fazem preocupar com tudo: a casa, o trabalho, a família, o dinheiro, os amigos, o carro, a dieta, o ginásio, o gato, o piriquito, o filho, a mãe, a vizinha...enfim, não existe ser humano que leve um dia nesta terra sem uma única preocupação.

Mas depois há aquelas preocupações que nos irritam solenemente e que não acontecem só uma vez. Acontecem sempre e nós caimos na asneira de tentarmos de novo. Porque somos humanos e acreditamos que a próxima vez é sempre melhor. Mas não é e ficamos irritados de novo, como sempre.

Mas eu já ultrapassei essa fase. Eu encontrei o meu nirvana e livrei-me dos nervos do comum dos mortais. Deixei de me preocupar, pura e simplesmente. Deixei de gastar neurónios nisso, de perguntar repetidas vezes "porquê, porquê?"

 

Eu não me preocupo...

 

...com a queda de asteróides: caem sempre nos Estados Unidos, não há problema;

 

...com ameaças de bomba. Queridos portugueses, ninguém sabe que este país existe, ok?

 

...em correr para o metro: ou ele está em greve ou atrasado 12 minutos, mais vale andar;

 

...em pedir sundaes de chocolate no McDonalds. Eles metem sempre o chocolate no topo e aquilo fica mal distribuído, mais vale comer Sundae Natura;

 

...em tentar levantar notas de 5 euros no multibanco, isso era em 2000;

 

...com aquelas pessoas que passam o passe no ecrã em vez de no sítio certo, em baixo. Eduquem-se, leiam mais;

 

...em pedir bifes mal passados. Ninguém sabe distinguir mal passado do cru;

 

...em discutir com o motorista da Carris que está atrasado. L-O-L.

 

...em por gasolina no carro quando chega à reserva. Ele é um choninhas, que aguenta mais uns quilómetros na boa.

 

...em acreditar que a Zon/Nós vai tornar o Wi-Fi lá de casa mais rápido. Sim, a esperança já morreu há muito tempo.

 

...em experimentar roupa na Primark. Agarrar na roupa, pagar, experimentar em casa, devolver. Já está.

 

...em procurar lugar no piso -1 do parque de estacionamento do Vasco da Gama. Truques de quem já é cliente vitalício.

 

...esperar pelo 28 na Gare do Oriente. Ia e voltava a casa a pé e ainda estaria à espera dele.

 

 

Se seguirem estes passos, vão encontrar a paz interior, a luz branca que vai erradiar a vossa vida e tornar tudo mais zen. Sayonara, meus caros.