Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Eu? Fã de maquilhagem?

Se há coisa da qual eu não percebo nada é de Física e de maquilhagem. A primeira precisava de alguns anos para perceber melhor mas a segunda já ia lá com mais alguma prática. E não é que dá resultado?

 

Uma coisa aqui, uma coisa ali, todos os dias a fazer a mesma asneira até que algum dia já é tão hábito que a pessoa nem liga. Eu nunca fui de usar maquilhagem mas já estou a chegar àquela fase do «uau, ficas bem com a pele assim» e quando uma pessoa chega ao final do dia e vai tirar a magia só pensa «aaaah que horror! poros, olheiras, bochechas, sinais, mas o que é isto?». 

 

Eu já sei por um eyeliner de forma convincente mas ainda não sei para que serve o blush (eu já tenho as bochechas coradinhas, obrigada) e nem me tentem vender a história de antes da base deve vir o primer, o anti-olheiras, o hidratante, o sérum, o anti-rugas. Eu sou uma mulher despachada, quanto menos utilizar melhor. Mas acreditam que já ando desesperada porque a minha base está a chegar ao fim e eu não sei que nova base comprar? E estes frasquinhos podem ir dos 5 aos 100 euros, das caixinhas de plástico às caixinhas forradas com cristais da Swarovski e com infinitos tons de pele, do moreno à cor de cenoura. Como é que eu vou decidir-me?

 

Mas não se preocupem que não estou viciada na coisa. Se uso maquilhagem todos os dias, mal vejo a hora de chegar o fim-de-semana para andar com a pele à mostra. E sem vergonhas, quero lá saber que vejam os meus poros e as minhas olheiras de trinta metros. A beleza é equilíbrio, minha gente, ficamos lindas com aquela base de outro mundo mas andar com o rosto lavadinho um dia ou outro só faz bem! Ora experimentei, que eu andei mais dias sem base do que com ela e sei bem do que falo.