Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Como treinar em casa

A moda do fitness e da vida saudável já não é tendência, já é uma "nova moda" a ser levada bastante a sério. 

Já todos sabemos o que devemos fazer: aderir à moda dos sumos detox, cortar o arroz e a massa ao jantar, adorar sopas e legumes e atacar o ginásio três vezes por semana e suar que nem uns malucos na aula de spinning. É sempre o mesmo plano, não há muito que enganar.

Mas quem já anda nisto há muito tempo começa a perceber que nem sempre este plano resulta: se no início do anos adoramos ir ao ginásio e fazer as aulas de zumba, agora detestamos ter 30 pessoas em cima de nós a roubarem-nos o espaço. E já estamos fartas de correr na passadeira e a ver os mesmos episódios de Castle no AXN. E nem vamos falar daquelas semanas em que não temos nem tempo para respirar e vemos o nosso dinheiro a sair do banco e já não metemos a pata no ginásio há semanas.

Queremos ficar saudáveis mas não conseguimos gastar dinheiro num ginásio para irmos lá três meses e depois nunca mais voltar. No Verão até dá para fazer exercício lá fora (e sabe tão bem!) mas e depois no inverno? Quando está frio e a chover, onde vou eu fazer os meus exercícios para ficar com o rabo da Beyoncé?

A solução é esta: começar a treinar em casa. Mas como é que eu faço isso? Tenho de ir comprar DVDs de aulas? Ou vou ficar a olhar para a parede a fazer exercícios? Como começo? Como sei o que é melhor para mim? Oh, já tentei e não vale a pena, já sei que vou desistir passado uma semana!

Nem sempre é fácil arranjarmos a motivação para treinarmos sozinhos e ainda por cima em casa, quando há mil e uma coisas para se fazer. Mas é possível, se seguirmos estas dicas:

 

Fazer o que se sabe

Se não sabe por onde começar, porque não fazer os exercícios que custumava fazer no ginásio? Lembre-se daquelas aulas de localizada, de bodypump, de core, de pilates, de ioga e repita os exercícios que fazia. Agachamentos, flexões e abdominais simples dão resultados e são bastante fáceis e práticos de se fazer. Caso tenha pesos em casa, utilize-os para tonificar os músculos. O que importa é que se mexa e que não se sinta perdido no seu plano de treino.

 

Veja no Youtube

Quando comecei a treinar em casa, percebi que precisava de um plano, de um certo acompanhamento e portanto comecei a fazer os exercícios à frente do computador, a ver vídeos no Youtube. Recomendo o FitnessBlender, um canal que tem todos os tipos de intensidade de exercícios e o Tone It Up, com uma série especial de Bikini Body. Ambos privilegiam exercícos sem equipamento, rápidos para serem incorporados em qualquer rotina e fáceis de combinar. Comece por fazer o mesmo vídeo 3 vezes por semana e depois vá descobrindo novos exercícios.

 

Prepare o espaço e o horário

Um dos maiores desafios de fazer exercício em casa é procurar um espaço tranquilo e apropriado para o exercício. Escolha um sítio que não tenha distracções, de preferência com a televisão desligada e espaço para se mexer. E escolha uma hora do dia para o fazer. Prepare o espaço meia hora antes com o equipamento necessário, vá equipar-se, encha uma garrafa de água e aqueça com alguns movimentos. E se acha que não arranja tempo, acredite que um exercício localizado de 10-15 minutos é suficiente para se ver grandes mudanças na condição física. Apenas limpe a sua agenda e tire esses minutos para si.

 (créditos fotografa: unitygym.com)

 

Faça algo novo

Já escolheu um vídeo, já tem o seu plano de treino, já sabe a que dias e horas treina e está tudo a correr bem. E agora? Agora vai ter de procurar mais. Veja mais vídeos e combine exercícios de um e de outro. Faça aquelas posições complicadas que no início não se sentia preparada para fazer. Quando se estabelece uma rotina de exercício, os nossos músculos habituam-se aos movimentos e deixa de haver progressão. Para quebrar a rotina, procure novos exercícios, inclua pesos, altere os seus movimentos suavemente. Vai deixá-lo motivado a continuar a treinar em casa.

 

Em suma, para se conseguir fazer um treino indoor, é necessário começar com exercícios simples, repeti-los para criar uma rotina e depois introduzir novos movimentos. Utilize vídeos, acessórios e outros materiais para inovar e trabalhar músculos que desconhecia. O importante é que se mexa e crie a rotina - porque depois já não vai conseguir viver sem aqueles minutinhos de exercício diário!

3 comentários

Comentar post