Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

A fazer a mala de viagem

Viagens, viagens, viagens: é tão bom viajar! Por aqui fazem-se uns quantos fins-de-semana fora, na cidade ou no campo, mas desta vez vamos à séria: vamos 6 dias e vamos de avião!

 

Óbvio que o entusiasmo é total. Vamos de viaaaaagemmmmm! Conhecer pessoas, novos lugares, novas cervejas, novos menus no McDonalds, novas línguas, novas temperaturas, novas modas, sei lá é taaaao bom passear.

Mas há um grande problema em qualquer viagem - o fazer a mala. É que eu não percebo nada de malas de viagem. Eu sou péssima a fazer malas de viagem, é um perfeito dilema para mim.

 

Vamos 6 dias: então leva-se roupa para 6 dias ou para 4 e depois repete-se?

Levo dois pares de calças ou levo três para escolher?

Ténis para passear, claro, mas e se formos sair à noite? Uns saltos altos ou umas botas rasas?

E casacos? É preciso levar casacos? A Primavera deles é tipo a nossa ou tipo Alásca?

Posso levar tops de alças e um casacão de inverno ou posso confiar que a Primavera é igual para todos?

Levo mochila para passear? E a mala para sair à noite?

Quantas bases posso levar? Duas é demais?

Levo o dobro das meias ou o triplo?

Durmo de pijama de verão ou de Inverno? É que não sei se as camas têm bons cobertores.

E se for preciso levar saco de cama?

 

São imensas questões, não são? É super divertido arrumar e escolher roupa quando não se tem jeito nenhum para a coisa né? Quer dizer, eu sei escolher roupa, eu tenho um estilo impéc mas como é que eu posso só levar 1/10 do meu armário? É que não posso voltar para trás e escolher outra roupa. E se eu levo calças de ganga e num dia acordo e apetece-me andar chique? E se eu levo sabrinas e apetece-me andar de botas? Como é que se resolve isto?

 

Depois de muito pensar, de retirar o armário todo cá para fora, de criar montinhos e montinhos em cima da cama eu activo o Plano J:

"JOAAAAAAAANA, PODES FAZER-ME A MALA PARA LEVAR?"

 

A mana aparece, vê os montinhos, pega peça a peça e pergunta "vais levar isto? não queres levar aquilo?" e eu sentadinha a beber chá em cima da cama a dizer que sim ou não. 20 minutos depois a mala está fechada, cheia, com um espaçinho para uma coisa ou outra e voilá.

 

Juro que um dia vou ser mais adulta, mais independente, mais sábia - mas eu nunca vou conseguir fazer uma mala de viagem de jeito.

 

2 comentários

Comentar post