Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

Agora a Sério

Um local sério para se falar das coisas sérias de todos os dias. Só para pessoas que se levam muito a sério.

A dieta de Verão

Estamos a entrar mesmo no último mês do verão (a primeira quinzena de Setembro também conta para ir à praia mas pronto) e estou bastante irritada com as mentiras que as pessoas dizem.

 

Ah eu adoro o Verão porque emagreço! Passo o dia na praia, não vou ao ginásio porque correr com este calor faz mal à saúde, mal como e quando como é só saladas e fruta e refrescos. Se fosse assim todo o ano!

 

Eu não faço ideia onde é que esta gente vive mas de certeza que não temos morada no mesmo planeta. Como assim no Verão é mais fácil emagrecer porque estamos preguiçosos? É só comer alface umas frutas na praia e a caipirinha no final do dia e a banha não vem cá para fora? Que falsos!

 

A minha dieta de Verão não é dieta nenhuma: é um puro descontrolo de McFlurrys Oreos, Magnums Brancos, cafés gelados cheios de natas, pequeno-almoços dignos de brunch, trezentos sashimis de uma vez só e litros e litros de Somersby.

 

Toda a gente está de férias, logo há que aproveitar o tempo; toda a gente quer ir comer fora, toda a gente quer experimentar o restaurante novo, toda a gente quer ir à Hamburgueria do Bairro pela enésima vez, toda a gente quer ir ao Santini, toda a gente ainda arranja disposição para comer um crepe com gelado (hello, Nut'Chiado, ainda não nos conhecemos por isso continua longe da minha vista). Toda a gente quer ir só beber um copo, toda a gente quer ir passear por Belém e comer pastéis, toda a gente quer ir ver as feiras de artesanato que vendem os vinhos, os queijos, os enchidos que se pode levar para o jantar, toda a gente quer organizar jantares em casa e vamos-fazer-as-tostas-com-paté-de-atum-só-para-a-entrada-mas-que-as-pessoas-comem-durante-uma-hora.

 

Claro que também se come fruta e óbvio que adoramos poder comer saladas a torto e a direito, mas porque é que temos a mania que socializar é sinónimo de comer porcaria? Porque não combinamos conversas no banco do jardim, sem direito a gelados? Porque não combinamos conversas no Terreiro do Paço a comer gelatinas?

 

Já podemos voltar ao Natal para eu resistir a Ferrero Rocher em vez de fondues de morangos com chocolate e Bananas' Splits com três bolas de gelado e chantilly? Obrigada.